quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Karla supera fase gordinha e ganha corpo lapidado ao virar fisiculturista

euatleta minha historia Karla Santos antes depois (Foto: Eu Atleta)

Publicitária, de 36 anos, tinha percentual de gordura alto e problemas cardíacos  por conta do peso extra. Após mudar hábitos e treinar, virou uma atleta campeã

Antes de se tornar campeã de fisiculturismo, a capixaba Karla Souza, de 36 anos, chegou a ficar 12kg acima do seu peso normal e com percentual de gordura de 30%. Mais gordinha, a publicitária teve problemas cardíacos e se viu obrigada a mudar de hábitos para evitar um problema de saúde mais sério. Ela passou a fazer musculação, mudou a dieta e virou atleta campeã. Com o corpo definido, ela conquistou o título do Divas Fitness Master de 2014, em Miami, nos Estados Unidos, ao triunfar pela categoria acima de 35 anos.


Apesar de fazer parte de uma família de gordinhos, tendo duas irmãs "cheinhas" e o pai que sofreu um AVC em decorrência do sobrepeso, Karla era magra, ativa e animada. Há cinco anos, porém, começou a ganhar peso. Com 1,63m de altura, passou de 60 para 72kg. Estava numa fase de muito estresse no trabalho e colocava na comida a solução de todos os problemas.

- Comia para ficar alegre, comemorar e relaxar. Ganhando em média 4kg por ano, meu astral mudou totalmente. Eu só queria ficar em casa. Me tornei uma pessoa desanimada e deprimida, passando longe dos exercícios. O pior de tudo foram as arritmias cardíacas que o sobrepeso causou. Fiquei assustada ao ver aquelas taxas elevadas em meu exame de sangue - afirmou.

Rapidamente, entendeu que era hora de tomar uma decisão e cuidar mais da saúde. Quando começou a malhar, ela passou a acompanhar fisiculturistas famosas, como Sue Lasmar e Bella Falconi, pelas redes sociais. Percebeu que era possível ficar musculosa sem perder a feminilidade e resolveu entrar nesse universo.

- Isso me encantou e decidi me preparar para um campeonato de fisiculturismo. Com apenas dois meses de dedicação, fiquei em segundo lugar no campeonato estadual do Espírito Santo - contou Karla, citando o seu início dentro da modalidade.

O maior incentivador foi o marido, que praticava atividade físicas com frequência e mantinha uma alimentação saudável. A modelo fitness decidiu se matricular numa academia pequena perto de casa e, mesmo sem ajuda de uma nutricionista, cortou doces, frituras, álcool e trocou a farinha branca pela integral. Logo vieram as mudanças.

- Decidi seguir esse novo cardápio por um mês. Se nada acontecesse, chutaria o balde. Mas o resultado apareceu. Perdi 6kg no primeiro mês, 3kg no segundo e mais três no terceiro. Com o tempo, meu índice de gordura corporal baixou de 30 para 14% - contou a atleta, que atualmente possui 10% de gordura corporal e pesa 66kg.

Karla afirma que que gosta de comer bem, adora churrasco e tomar vinho. No entanto, quando viu as transformações em seu corpo, ficou tão feliz que mudou o foco. Agora, ela pratica musculação cinco vezes por semana e faz exercícios aeróbicos de domingo a domingo. Além disso, gosta de ir para as aulas de Crossfit e está experimentando o muay thai.

- Voltei a fazer as pazes com o espelho e essa sensação é melhor do que qualquer guloseima. As mudanças não foram apenas estéticas, pois sofria com enxaquecas e prisão de ventre. Ao cortar glúten e lactose, os dois problemas acabaram. Passei a ter qualidade de vida, acordando bem disposta e cheia de energia - encerrou a modelo, que agora conta com uma equipe para ajudá-la na nova carreira.

euatleta fisiculturista Karla Souza_690_2 (Foto: Eu Atleta) 


Fonte: Globo Esporte



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog